Bairro do Zambujal - Projecto Percursos Acompanhados - Buraca

28
Ago 08

Durante as últimas semanas de Agosto, os jovens do Projecto Percursos Acompanhados realizaram várias sessões de treino do jogo de futebol Power Challenge.

Com o intuído de fazer um torneio entre os jovens que frequentam o CID, a nível nacional, os jovens foram aprendendo ao longo dos dias a aperfeiçoar as suas técnicas e a ultrapassar algumas falhas.
Jogado com jovens do projecto ou com outros jovens, os treinos foram renhidos. Como em tudo na vida, umas vezes perde-se e outras ganha-se, o fair play foi o mais importante.
O contentamento foi geral, e descobriu-se mais uma forma lúdica e disciplinada de praticar virtualmente um desporto que tanto gostam de fazer no “mundo real”.
publicado por zambujaldigital às 17:55
sinto-me:

Os jovens do Clube de Jornalismo do Projecto Percursos Acompanhados visitaram no passado dia 12 de Agosto a estação de televisão SIC, em Carnaxide.

A visita começou com a explicação do funcionamento de um estúdio de televisão: a sua versatilidade, a importância das luzes e os vários tipos de câmaras existentes num estúdio. O estúdio visitado tinha montado o cenário do programa nocturno “Quando o telefone toca”.
Com o jornal da tarde a terminar, os jovens visitaram a redacção, falaram com a pivot do Jornal da tarde, Raquel Fernandes, que lhes mostrou não só a redacção, como também as salas de caracterização e maquilhagem.
Saídos da redacção visitaram o estúdio onde se fazem os telejornais do canal e a respectiva sala de realização. Nesta sala, pejada de botões, monitores e luzes, percebia-se que é bastante complicado fazer televisão.
Seguiram-se as visitas às salas de pós produção áudio e vídeo e as salas de continuidade, onde minuto a minuto, olhos atentos, fazem chegar às nossas casas a emissão do canal nas melhores condições.
A vista terminou com a atribuição de um diploma e de um presente aos jovens.
publicado por zambujaldigital às 14:46
sinto-me:

22
Ago 08

Durante 6 semanas dos meses de Maio e Junho, um grupo de jovens realizou no CID, a formação UP relativa aos Media Digital.

Começaram por editar imagens no Paint net, um programa gratuito e com muitas potencialidades e funcionalidades. Uma forma divertida de trabalhar fotografias, permitindo fazer montagens, dar retoques, provocar distorção e complementar as imagens.
A edição de vídeo foi feita no Movie Maker. Nesta fase os jovens executaram pequenos vídeos tendo como trabalho final um vídeo com uma apresentação pessoal.
Estas duas ferramentas vão auxiliar os trabalhos escolares realizados pelos jovens, dotando-os de mais criatividade.
 
publicado por zambujaldigital às 16:41
sinto-me:

19
Ago 08
Desde Dezembro de 2007 o Centro de Arte Moderna – Sector de Educação e Animação Artística da Fundação Calouste Gulbenkian e o CESIS – Centro de Estudos para a Intervenção Social desenvolveram um projecto de intervenção artística - Intervir junto de 12 jovens que integram o Projecto Percursos Acompanhados.
Ao longo dos últimos 7 meses trabalhou-se a temática dos heróis e vilões, tentando promover nos jovens uma capacidade reflexiva acerca da sua identidade. Cada um deles procurou descobrir e identificar no seu eu e no outro, os seus heróis e os seus vilões. Foram realizadas 3 sessões por mês onde se utilizou a expressão corporal e dramática, o vídeo e a fotografia como meios desencadeadores de um processo de criação e intervenção artística. Além disto foram feitas visitas a museus e galerias, desenvolveram-se ateliers e oficinas de expressão plástica e dramática e vários debates onde os jovens tinham a liberdade de expressar as suas opiniões e intervir de forma pró-activa e positiva na construção e elaboração de várias obras que culminaram num auto-retrato final. Simultaneamente cada um dos participantes foi construindo um portefólio personalizado onde eram registadas as diferentes fases do processo.
Além das dinâmicas propostas e da capacidade reflexiva que demonstraram, os jovens desenvolveram competências na utilização de algumas ferramentas como a máquina fotográfica, a câmara de filmar, a utilização de alguns programas informáticos de edição de imagem e tiveram a possibilidade de manusear aqueles instrumentos explorando, não só um meio que lhes é familiar, o Bairro do Zambujal, mas também outros espaços como o Centro de Arte Moderna.
Ao longo do processo tiveram a oportunidade de fazer algumas residências artísticas onde se fizeram sessões de trabalho intensivo no Centro de Arte Moderna com o intuito de desenvolver as competências anteriormente referidas para posteriormente serem colocadas em prática.
A fase final do projecto realizou-se na última semana de Junho, no Centro de Arte Moderna e os jovens tiveram a possibilidade de planificar e realizar o seu retrato final demonstrando o equilíbrio que conquistaram entre os seus heróis e os seus vilões. Além disso participaram na elaboração de um documentário e concluíram os seus portefólios.
No próximo mês de Setembro ou Outubro será montada uma exposição, nos jardins do Centro de Arte Moderna da Gulbenkian, onde serão expostos os retratos finais elaborados pelos jovens que revelarão as suas novas percepções identitárias.
 
Equipa do Projecto Percursos Acompanhados
publicado por zambujaldigital às 16:48
sinto-me:

14
Ago 08

O ano lectivo de 2007 / 2008 foi mais um ano em que decorreu o Projecto Percursos Acompanhados no Bairro do Zambujal na Amadora com o apoio do Programa Escolhas.
É com satisfação que a equipa do Projecto quer partilhar os principais resultados de mais um ano de empenhamento e dedicação às actividades que se têm vindo a desenrolar. 

De facto, deu-se continuidade aos objectivos de combater o insucesso e o abandono escolar precoce sempre tão presente em meios sócio economicamente desfavorecidos.
Procurou-se, ainda, continuar a apostar no desenvolvimento da auto estima dos jovens envolvidos no Projecto de modo a facilitar a construção de identidades positivas e integradas.
Por fim, é importante destacar que foi mais um ano de estreita colaboração entre todos os actores envolvidos no processo educativo. Procurou-se, criar um ambiente de maior envolvimento entre escola, família e jovens.
Como um dos resultados mais visíveis e importantes temos os números finais do sucesso escolar.
Das 12 crianças do 1º ciclo que estiveram envolvidas nas actividades do Projecto, 11 transitaram de ano. Nos 2º e 3º ciclos tomaram parte no Projecto 40 jovens e destes transitaram 31.
Foi assim mais um ano em que os resultados animam toda a Equipa e Consórcio pois transmitem a noção de que se está no bom caminho e a alcançar reais necessidades dos jovens. 

De realçar que a par das actividades Estudo à Medida, do CID, do Espaço de Socialização criaram-se neste ano lectivo actividades como Momento de Leitura, Fábrica de Historias, Brincar com Poemas e Palavras Escondidas, actividades que procuram de modo informal e atractivo mas muito eficaz, contribuir para a criação de competências a nível da língua portuguesa, um factor muitas vezes determinante para uma adequada inserção escolar.
A equipa do Projecto vê assim recompensado um ano de trabalho intenso e de grande dedicação e empenho. Esta satisfação da equipa é sobretudo recompensadora pois é acompanhada pela satisfação das crianças e jovens que connosco constroem dia a dia este Projecto e vêem o seu próprio esforço recompensado.
Cada vez é mais visível a capacidade dos jovens se orgulharem dos seus desempenhos escolares e colocarem objectivos mais ambiciosos e que revelam uma crescente capacidade de acreditar que o insucesso escolar não é uma fatalidade.
A responsável pela área dos alunos do Conselho Executivo do Agrupamento Vertical Almeida Garrett (pertencente ao Consórcio) envia mail que dizia “Parabéns pelo bom desempenho dos nossos jovens penso que grande parte do sucesso se deve ao grande empenhamento e dedicação da vossa equipa. Um bem-haja por isso.”
Estas palavras de estímulo fazem com que todos os dias se renove a vontade de investir no trabalho com estes jovens. Afinal todos os resultados se devem ao seu próprio empenhamento e entusiasmo.
Vamos continuar a acompanhar PERCURSOS, para que cada vez mais existam percursos livres para escolher em Igualdade de Oportunidades!
A Equipa do Projecto Percursos Acompanhados

publicado por zambujaldigital às 15:39
sinto-me:

01
Ago 08

No dia 15 de Julho, 10 jovens do projecto Percursos Acompanhados, fizemos uma visita, ou melhor dizendo, uma aventura à Quinta da Regaleira, em Sintra com o Instituto de Apoio à Criança. Foi uma actividade de encerramento de um árduo ano de trabalho em diversos ateliers promovidos pelo IAC no CASE.

Fizemos a nossa viagem de comboio até Sintra, seguida de uma longa caminhada pela serra acima, até chegar ao nosso destino: a Quinta da Regaleira.
Neste místico local aprendemos orientação através de um mapa e explorar os autênticos labirintos que existem nas grutas frias e húmidas.
À hora do almoço fizemos o nosso pic-nic, com as suas saladas e frutas. A aventura continuou e a meio da tarde, depois de tudo explorado, pusemo-nos a caminho.
De gelados em punho e sentadinhos no comboio rumamos a casa.
Esta grande aventura nos caminhos misteriosos da Quinta permitiu a descoberta de grutas e trilhas utilizados pelos reis e rainhas que viveram no palácio.
Um conselho para todos/as: embarquem nas aventuras da Quinta da Regaleira!!!
publicado por zambujaldigital às 12:14
sinto-me:

Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
20
21
23

24
25
26
27
29
30

31


mais sobre mim
as minhas fotos